Poesias de Abdias

Ouça aqui Abdias Nascimento declamando algumas de suas poesias escritas nas décadas de 1960 a 1980 e publicados no livro Axés do sangue e da esperança: Orikis (Achiamé, 1983).

O autor gravou as poesias no estúdio do percussionista Djalma Corrêa no Rio de Janeiro, em 1983.

O acervo de fitas em áudio do Ipeafro contém cerca de 150 horas de gravação de entrevistas com Abdias Nascimento e com outras personalidades e intelectuais negros, bem como de cursos, conferências e atividades que o Ipeafro realizou ao longo de sua trajetória, que aguardam digitalização.